Sonho realizado

11.4.12
Eu, o sax e o gato


Era uma vez eu. E lá, bem lá atrás, quando era apenas uma guria, há mais de vinte anos, queria um saxofone. Achava um instrumento com um som maravilhoso. Mas, caro. Claro, uma pessoa que nem trabalhava ainda, tudo tinha preço alto. Daí, fui deixando passar o tempo, porém, sempre me demorava mais na frente de uma vitrine de instrumentos musicais, olhando para o sax.

Então, fui esperando que o tempo apagasse o desejo de um dia tocá-lo. Mas, juro, volta e meia, enquanto dormia, sonhava que estava tocando.

Hoje, ao completar 33 anos, ganhei de meu marido o instrumento que há muito tempo eu queria. Ainda acho que estou sonhando. Não me lembro de ter expressado para ele um desejo intenso de ter o instrumento. Ele de certa forma percebeu. É assim, não é? As pessoas que se amam se entendem, parece até que telepaticamente.

Obrigada, Eugenio, te amo de montão a ponto de aprender bem a tocar sax e não ferir seus tímpanos nem os do Neko.

2 comentários:

Eugenio Hoch Junior disse...

De nada, guria! Você merece muito mais pelo tanto quer me ajuda. Beijos.

ístha disse...

Ahhh que lindo tudo isso.