Imagens da infância

8.8.08


Para Ana Marta (Miuxa)*

Lembro-me de uma viagem a Vacaria, interior do Rio Grande do Sul. Madrugada, minha tia esperando do lado de fora de chinelos azul-marinho, num frio de renguear cusco, e levando bronca de minha mãe para entrar antes que pegasse gripe. Meus primos se queixavam porque lá não passava O Sítio do Pica-Pau Amarelo (primeira versão).

Uma casa bonita e confortável. Um quintal ótimo para brincarmos. E posso jurar que meus primos apontaram para uma cobra com venda nos olhos dizendo que era a cobra-cega. Morri de medo.

Havia diferenças regionais, eu e meu irmão falando com sotaque carregado de paranaense, "leite quente" e "você", enquanto os primos antes das frases colocavam um "ãhn" em tudo e falavam "tu", assim como minha mãe. Mas dessa vez não houve briga. O frio já era o inimigo que devíamos enfrentar.

Mãe e tia tomando chimarrão, puxando da memória histórias antigas sobre moradores de Santa Maria, conversa alta, risadas gostosas e nós sem podermos ver O Sítio do Pica-Pau Amarelo. Melhor assim, não haveria Cuca para temer. Somente aquela cobra com lenço nos olhos no meio do quintal. Para falar bem a verdade, o frio não foi tão antagonista. Por causa dele, brincávamos em casa, sem ter de enfrentar a tal cobra-cega, que na minha cabeça, era um bicho muito venenoso.

*Prima que ainda não era nascida nesta época e está se formando hoje em Jornalismo.

3 comentários:

Andanhos disse...

Às vezes, é bom abrir a gaveta onde estão guardadas as histórias e as criaturas de nossa infância, as reuniões familiares, nossas impressões e lembranças.
Eu também tinha medo da Cuca. E quem não?
Um abraço.

Camila disse...

ãhn, mas tu sabe guria que aqui o povo gosta de inventar moda?
dhasuidhasudsa
nao entendi o sentido literal da cobra cega.. mas blz.. to meio dãããã hoje

beijooo

Miuxapop disse...

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh...que lindo!
Claro que os *ermãos* iam te amedrontar, porque eu vim para semear o bem na família!


hahahaha! claro que não!
adorei o texto. Adorei o blog.
Adorei a homenagem.

Feliz, feliz por fazer parte do teu grupo de família e de profissão!
:D

Bjoca