Que legal, a mulher do Ciro é do mal

5.8.08


O autor da novela das oito pensa que nós brasileiros temos memória curta. Sabe-se que Donatela Fontini há 18 anos se arrependia amargamente de ter feito campanha para Fernando Collor de Mello no ano anterior. Com isso, comprou briga com seus colegas da TV Pirata, em sua maioria Lula. Não havia ficado viúva, apenas foi expulsa de sua turma.

Tentou a sorte como a “bailarina das coxas grossas” que dava em cima de um professor gago, o Juvenal Antena, da novela passada. E quem não se lembra? Dona Irene era a sua mãe, apaixonada por Tony Ramos, seu enteado, casado com a rainha da sucata. A louca se atirou do prédio, mas antes arrancou o brinco de Regina Duarte para incriminá-la. Coisas de Laurinha. Seu nome era pomposo, Laura Albuquerque Figueiroa. Coisas de família. Voltou do além para infernizar a vida da filha.

Pobre Flora, a empregada da família, quase surtou ao desconfiar que seu grande amor, Maurício Mattar, podia ser seu irmão. Este sim, irmão da bailarina. Aí a moça endoidou de vez. Viu o que ocorreu com sua amiga de palco no passado e quis também se envolver com um presidenciável. Ciro Gomes era o alvo. Levou
chumbo de Serra e de Lula. Em campanha, disse que o candidato petista era despreparado para ocupar a presidência, mas logo aceitou um ministério quando Lula foi eleito. Tudo bem, Flora também jurou de pé junto que não matou Marcelo. Mentira por mentira, um aprende com o outro.

O problema é que Ciro, a partir de hoje, não consegue mais dormir à noite. Acorda o tempo todo, pesadelos horríveis, morre de medo de Flora. Soube pela novela que sua mulher é uma psicopata. Aliás, muitos políticos dizem isso, “fiquei sabendo sobre esse processo contra mim pela televisão”.

5 comentários:

INUTILIDADES disse...

gostei do blog e desse post..bom texto.

http://inutilidades-jds.blogspot.com/

Cássia disse...

bom que assim nem preciso ver a novela

Jonatas Fróes disse...

Fiquei meio brizado com o post, acho que a novela que você citou não é da minha época... Mas é igual a qualquer outra da Globo, então whatever...

;*

http://musica-holic.blogspot.com/

Denise Machado disse...

Achei péssima a alusão entre o fantático trabalho artístico da atris e sua vidapessoal. Quando teve cancêr de mama, ele esteve ao seu lado o tempo inteiro,largou campanha (tem macho que não lava nem o prato.)
Quanto sua ida no meu blog, não entendi usa os comentários para elogiar outro blg, mesmo citado por mim.

Luiza disse...

Obrigada, críticas também são bem-vindas. Acredito não ter ofendido Patrícia Pillar. Em todo o caso, desculpem-me o transtorno.