A gente se vê por aqui

13.1.08

Pode alguém viver sem a Vênus Platinada? Minha prima do Rio vai mandar fazer uma tatuagem: "porra, eu não tenho Globo". Mesmo morando na mesma cidade do Projac, a emissora não pega em sua televisão.

Todos os dias responde sempre a mesma coisa para diversas perguntas:

– Viu que o Juvenal Antena não morreu?
– Não tenho Globo.
– Você entendeu aquela notícia no Jornal Nacional?
– Ai, não tenho Globo.
– Aquele barbudo do Big Brother é um mala, né?
– Puta merda, não tenho Globo!

A idéia da tatuagem é boa, alguém comenta o Fantástico e ela só levanta a manga da camiseta: "Não tenho Globo e sou muito feliz por isso". Prima, que inveja eu tenho, sério mesmo. A vida é tão boa sem ter de ver Marília Gabriela com aquela voz de travesti não tendo pretensão de ser boa atriz e sim um rostinho bonito. Ah, vá se catar, nunca foi bonita, tribufu! Plásticas não adiantam. Por falar em recalchutar, Pitanguy deveria fazer uma plástica no cérebro do Reynaldo Gianecchini. Onde já se viu comer (peguei pesado?) aquela coisa durante anos?

2 comentários:

Vírgula Antenada disse...

Adoro a voz da Marília Gabriela,kkkkkkkkkkkkkkk
Bom texto!
Fiquei com inveja da sua prima, que sorte a dela, morar no Rio e não ter a Globo!

José Vitor Rack disse...

teu blog é melhor a cada dia. só não concordo quanto à marília. tenho um tesão danado na tiazinha...