"Tomando guaraná e ouvindo Elis"

22.12.07


O ano de 2007 para mim foi no embalo de Elis Regina, cantora que redescobri exatamente em janeiro deste ano com todo impulso, inclusive no de comprar CDs. Baratos, mas não mais coletâneas e sim os originais, capa, contracapa e ordem das músicas iguais. Somente tamanho reduzido e mídia diferente de quando foram lançados. Com preço bom, encontrei a maioria nas Lojas Americanas por menos de R$ 10,00 cada.

Tudo começou com "Furacão Elis", de Regina Echeverria, lido em um único dia. Influenciada pelos 25 anos de sua morte, em 19 de janeiro, não consegui mais parar de ouvi-la. Mas o começo mesmo foi com a música "Corujinha" do disco "Pra gente miúda" quando eu era criança. Eu não gostava de ouvir porque tinha pena da coruja. A música de Vinícius de Moraes descreve uma coruja feia que por causa disso vive escondida. Podia jurar que Elis cantava a música chorando. Era realmente de se sentir remorso, pois até a cantora tinha pena do bichinho.

Já que o ano começou com Elis, fechou também com ela. Presente adiantado de Natal ganhei "Saudade do Brasil" duplo. Finalmente pude escutar músicas como "Presidente Bossa Nova", "Sabiá", "Marambaia" e "Moda de sangue", esta uma das melhores interpretações de Elis. Em alguns momentos ela ri, e percebo que em outros trechos desta música, assim como em "Corujinha", ela chora.

6 comentários:

valéria mello disse...

Oi Luiza, recebi sua visita e agora vim conhecer seu blog. Achei muito legal!

Sobre a Elis, é uma cantora que conheço pelas músicas mais famosas, gosto da voz dela, acho que é das mais marcantes entre as cantoras brasileiras.

Cláudio Bettega disse...

adoro elis. bom saber dessas ofertas. blog muito legal. feliz natal!!!!

Deisinha Rocha disse...

ah, Elis é perfeita...
passo horas ouvindo-a cantar...
mas minhas músicas são todas baixadas na net...
rrsrss

abração...
ano novo feliz pra ti, com mais elis...

rsrs

Leandro Merlllin disse...

Adoooorooo a Elis, ela é fabulosíssima. Confesso que não sou tão aprofundado na discografia dela, mas sempre que posso (e consigo), vez ou outra eu vasculho alguma música dela.

Gostei do seu blog, parabéns!

Beijos!

http://olhardesaldejack.blogspot.com/

Luiza Prestes Karam disse...

Obrigada pelas visitas. É muito bom ouvir as interpretações da cantora mais conhecidas e descobrir as não tão conhecidas do grande público. Nunca me cansarei de ouvir, por exemplo, "O bêbado e a equilibrista", um casamento perfeito entre a voz de Elis e o arranjo musical feito por César Mariano.

O Enigmático disse...

Elis Regina, suas interpretações são perfeitas, sempre me emociono ao escutá-las, principalmente em parceria de Tom Jobim, outro mestre da música brasileira, enquanto houver pessoas que apreciam a boa música, como as que Elis cantava, com certeza ela e tantos outros estarão vivos para sempre em nossos corações.